BrasilNotícias

Irmão de Suzane von Richthofen deu calote até na manutenção do túmulo dos pais

Foto: Reprodução

Herdeiro do casal von Richthofen, Andreas, irmão caçula de Suzane, acumula dívidas mesmo após receber R$ 10 milhões dos pais mortos. As informações são do Correio 24 horas reportagem Jornal o Globo. Um dos calotes, segundo o jornal O Globo, é na manutenção do túmulo de Manfred e Marísia. A taxa de manutenção da sepultura custa R$ 650 por semestre e está atrasada há quatro anos. Em 2019, o túmulo quase foi a leilão devido à inadimplência. À época, Miguel Abdalla Netto, tio de Suzane e Andreas, quitou o débito junto com a administração do cemitério, impedindo o leilão. Funcionários do cemitério relataram ao jornal O Globo que o túmulo dos von Richthofen só recebe visitas de estranhos, não de familiares. Eles afirmam que cuidam da sepultura porque sabem do “drama pessoal” que Andreas vive. “Esse garoto é a maior vítima dessa tragédia, e essa sepultura é simbólica para os coveiros e jardineiros. Não merece ser engolida pelo mato”, disse um funcionário do cemitério ao jornal.

Enviar: