PolíticaNotícias

Presidente sanciona lei que institui o “Dia do Rei Pelé”

Foto: Arquivo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou o a lei nº 14.909, que “Institui o Dia do Rei Pelé”, a ser celebrado anualmente em 19 de novembro. Nesta data, em 1969, o atacante marcou o milésimo gol de sua carreira, em um pênalti do Santos contra o Vasco, no Maracanã. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda, 1º de julho. Edson Arantes do Nascimento, ou Pelé, conhecido como o “Rei do Futebol”, é um dos maiores atletas de todos os tempos e figura icônica do esporte mundial. Destacou-se por sua carreira brilhante no Santos e na Seleção Brasileira. Conquistou cerca de 60 títulos, incluindo três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), além de dois títulos mundiais e duas Libertadores da América pelo clube paulista. Ao todo, foram 1.364 jogos e 1.282 gols marcados pelo atacante. Só pelo Santos, foram 1.116 partidas e 1.091 gols. Pela seleção, 113 jogos e 95 gols. Pelé também defendeu o Cosmos, nos Estados Unidos.  O PL assinado pelo presidente pretende fortalecer laços culturais e esportivos tanto dentro do Brasil quanto internacionalmente. Além disso, inspira a sociedade a valorizar o esporte e suas figuras emblemáticas, reforçando os inúmeros legados e seus impactos no cenário esportivo mundial. No dia 29 de dezembro de 2022, aos 82 anos, Pelé morreu em decorrência de falência múltipla de órgãos, resultado da progressão de um câncer de cólon. Seu velório foi realizado nos dias seguintes na Vila Belmiro, clube onde começou a sua história.

Enviar: