A CAIXA credita nesta segunda-feira (14), os valores do Saque Emergencial do FGTS para trabalhadores nascidos em novembro. Nessa etapa, o valor estará disponível para 4,8 milhões de trabalhadores, no montante de três bilhões de reais.

O benefício tem como objetivo auxiliar no enfrentamento ao estado de calamidade pública reconhecido pelo Governo Federal em razão da pandemia do novo Coronavírus e movimentará durante todo o calendário cerca de R$ 37,8 bilhões. A CAIXA já disponibilizou, até 10 de setembro, mais de R$ 31,5 bilhões a aproximadamente 50 milhões de trabalhadores por meio de crédito na Conta Social Digital, contemplando 83% das cerca de 60 milhões de pessoas com direito ao Saque Emergencial.

Os pagamentos são realizados por meio de crédito em conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela CAIXA em nome dos trabalhadores. O valor do saque é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas do FGTS.

O calendário foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador e teve início em 29 de junho, com os nascidos em janeiro. A partir da data de crédito dos valores na conta Poupança Social Digital, os recursos podem ser utilizados em transações eletrônicas, e posteriormente, também em data específica, os valores remanescentes ficam disponíveis para saque em espécie ou transferência, sem custo, para outras contas