Um suspeito de participar da morte do policial militar Renato Santana Medeiros, de 46 anos, morreu e outros dois foram presos na tarde desta quinta-feira (7). De acordo com o G1 da Bahia, o crime aconteceu durante um assalto a um restaurante, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador. Segundo informações da Polícia Civil, Cid Ronaldo Carvalho da Paz Júnior foi baleado, não resistiu aos ferimentos e morreu. Os suspeitos presos foram identificados como Gilvan Alisson Rebouça Araújo, de 19 anos, e Leonardo da Silva Ferreira, de 22. De acordo com a polícia, o autor do disparo que matou matou o policial Medeiros foi Gilvan. Os suspeitos foram presos por policiais da 18ª Delegacia Territorial (DT), de Camaçari e do 12ª Batalhão de Polícia Militar (BPM). Ainda conforme o G1, o órgão informou que os policiais apreenderam com os suspeitos 51 pinos de cocaína e 28 pedras de crack. Gilvan e Leonardo foram levados para a delegacia de Camaçari, onde estão à disposição da Justiça.