Um homem foi preso suspeito de estuprar a enteada dele, dentro da casa da família, em Vitória da Conquista, cidade do sudoeste da Bahia. A Delegada Rosilene Correa, responsável pelo caso, informou ao G1 da Bahia que o crime era cometido há dois anos e só foi descoberto depois que a criança contou para colegas de escola. Ainda de acordo com o delegada, a menina tem 9 anos atualmente, mas o crime ocorria desde os sete anos. Noelio de Oliveira, conhecido como "Piu", preso na quarta-feira (6), aproveitava a saída da mãe da vítima para cometer o crime. De acordo com o G1, aA polícia não informou desde quando o caso vinha sendo acompanhado. Apesar disso, disse o caso foi descoberto depois da vítima contar crime na escola.

“A criança contou tudo na escola. Ela contou às coleguinhas, que contaram à professora. Então, eles começaram a observar tudo. O comportamento dela. Em seguida, chamaram a mãe e contaram sobre o que a criança relatou", disse a delegada. O homem foi preso e levado para o Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista. O caso é acompanhado pela Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA).