O porta-voz da presidência da Rússia, Dmitry Peskov, disse nesta quinta-feira (28) que os Estados Unidos não devem ter nenhuma preocupação com a relação que o país tem com a Venezuela.

“Não acreditamos que países terceiros devam se preocupar com nossas relações bilaterais”, disse.

“Não estamos interferindo nos assuntos internos da Venezuela e esperamos que outros países sigam nosso exemplo e permitam que os venezuelanos decidam seu futuro por conta própria”, acrescentou.

Ainda de acordo com Pskov, as tropas russas que chegaram à Venezuela continuarão no país “o tempo que for necessário”.