Por volta das 17h20 desta segunda-feira (9), uma ambulância do Serviço Médico de Urgência - Samu, esteve na Delegacia Polícia Civil de Livramento de Nossa Senhora, solicitando acompanhamento Policial para realizar um atendimento de emergência a uma pessoa que teria sido agredida no aterro sanitário municipal, conhecido como lixão. O investigador de Polícia da Delegacia, acompanhou o atendimento, onde foi informado no local, por uma pessoa que não quis ser identificada, que a vítima que estava sem documentos, se tratava de Gilson Santos da Silva. De acordo com a Polícia, o mesmo teria sido agredido na noite de domingo 08/09/2019, por volta das 20h, mas só foi possível o pedido de socorro no final da tarde desta segunda-feira. Ainda secundo a Polícia, na noite de domingo (8), um grupo de homens chegaram ao local e levaram Gilson e um amigo conhecido por "neguinho de brumado" para um local afastado, de onde foi possível ouvir gritos. Horas depois, apenas Gilson conseguiu retornar para o aterro, com diversas marcas de agressão. Os agressores e o segundo indivíduo não foram mais vistos. A motivação da agressão ainda é desconhecida. Gilson estava com vários ferimentos pelo corpo e lúcido, não sabendo identificar o agressor ou agressores. Outras informações colhidas no local, dão conta ainda de que o homem mora no aterro e trabalha separando do lixo que pode ser reciclado. Ele foi encaminhada para a UPA-24 horas. A Polícia Civil investiga as circunstâncias do fato.