O Brasil encerrou a participação nas Surdolimpíadas de Verão (Summer Deaflympics), no último domingo (15/05), em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, com seis medalhas de bronze, o melhor resultado do país na competição. As seleções femininas de handebol e de futebol conquistaram a medalha de bronze no último dia das disputas. Foi a primeira medalha brasileira do handebol na história e a segunda consecutiva das meninas nos gramados. As outras medalhas de bronze foram duas no judô (Rômulo Crispim e Alexandre Fernandes) e duas na natação (ambas com Guilherme Maia). Com esse resultado, o Brasil terminou a competição no 44° lugar no quadro geral de medalhas e obteve a melhor marca quantitativa de pódios de sua história.