PolíticaNotícias

Itamaraty vê erro na postura de Lula com Donald Trump

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O Itamaraty alertou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para não atacar de forma incisiva Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos e favorito para se eleger mandatário do país mais uma vez. O Ministério das Relações Exteriores chegou a pedir para que Lula não tomasse partido de Joe Biden, mas o presidente ignorou o aviso. As informações foram reveladas pelo Metrópoles,, na segunda-feira (08). Em entrevista na última semana, Lula defendeu que Biden tenha autonomia para decidir se vai disputar a eleição americana. “Eu acho que somente o Biden pode dizer se ele tem condições de concorrer ou não, eu não tenho condições de dar palpite sabe? Possivelmente a aparição dele no debate mais lenta que o adversário que é mais agressivo, também mais agressivo e mais mentiroso, sabe porque o New York Times disse que ele contou não sei quantas mentiras”. A preocupação na diplomacia é que a postura de Lula dificulta a eventual coexistência de ambos entre 2025 e 2026, quando Jair Bolsonaro fará de tudo para tentar atrair Trump para a política interna brasileira.

Enviar: